Anônimo
Como resolveu aquela questão de jogar futebol e o que sua mãe achava sobre isso?

Eu parei de jogar a uns 9 meses, foram os 9 meses mais vazios e perturbados da minha vida, e minha mãe percebeu isso. Conversei com uma amiga e ela foi implorar pro meu treinador me deixar entrar novamente no time. Voltei semana passada, senti muita saudade de todo mundo lá… Amor não se discute, não se da palpite. 

Há 1 mês on 12 Março 2014 @ 5:57pm
Eu já não sinto mais o frio na barriga quando penso em nós, não procuro mais o seu rosto na multidão, quando estou distraída e pronunciam seu nome, eu continuo em profunda distração.
Saudades eu só tenho do que não vivi por sua causa, falta eu só sinto do que eu era antes de te conhecer.
Há 1 mês on 12 Março 2014 @ 5:44pm + 4 notas
A minha sorte grande foi ter encontrado você.
Há 2 meses on 17 Fevereiro 2014 @ 11:06pm + 5 notas
E pelo que parece, só existe amor em filmes de romance.
Há 2 meses on 17 Fevereiro 2014 @ 11:04pm + 3 notas
Ninguém mais sabe o que é o amor, ninguém se lembra do que realmente é.
Amar agora é moda, todo mundo acha que ama, mas ninguém ama de verdade.
Nunca se sabe se é amor ou se não passa de vontade, ou vaidade.
É mesmo amor, ou só medo de ficar só?
É sempre pra sempre, e vários “pra sempre” ao longo da vida.
Paixão não é amor, nunca será, vocês precisam parar de confundir as coisas.
Há 2 meses on 17 Fevereiro 2014 @ 10:47pm + 1 nota
Quanto mais triste mais bonito soa.
E a nossa história foi a mais bonita já contada.
Há 2 meses on 16 Fevereiro 2014 @ 10:34pm + 5 notas
Aprendi a veranizar.
Há 2 meses on 12 Fevereiro 2014 @ 4:05pm + 1 nota
não há mais nada aqui pra você
— (via coligir)
Há 2 meses on 9 Fevereiro 2014 @ 9:43am + 4 notas
via coligir (originally coligir)
Tem coisa que enche o peito